Audiovisual

O seu produto da vitrine está bem na foto?

Compartilhe!

Tratando-se de e-commerce, podemos afirmar que uma foto de qualidade na vitrine pode ser um fator determinante para a conversão do seu produto em vendas. Logo, a famosa frase “Uma imagem vale mais que mil palavras” mostra ser muito verdadeira neste contexto!

Lauren Freedman, presidente da The E-tailing Group, disse durante a Internet Retailer Conference + Exhibition que “informações sobre o produto devem começar com imagens como parte da experiência de compras”. Freedman também apresentou um estudo mostrando que 75% dos usuários realizam a compra pela qualidade da imagem do produto. Fica evidente que usar imagens de qualidade é indispensável para vender.

Veja também: Revolução na tela: a nova era da produção de vídeo

O site é a nova vitrine

Quando se compra um produto numa loja física, você pode tocar o produto, observar os detalhes e o tipo de material. Já na loja virtual devemos estreitar essa distância entre o cliente e o produto e um dos principais atrativos para que isso aconteça é a imagem propriamente dita.

No entanto, uma grande dificuldade encontrada pelos clientes é justamente o modo que os fornecedores apresentam essa foto. Se nos depararmos com uma vitrine toda bagunçada, com produtos amassados e expostos de forma desordenada não vai despertar o nosso interesse e pior, transmitirá uma sensação de falta de credibilidade. A mesma situação acontece na vitrine virtual com fotos de baixa resolução, com apenas uma opção de ângulo, sem opção de zoom, sem padronização e com a iluminação desajustada. Dessa forma vai comprometer tanto a visualização quanto o êxito na venda.

Hoje com tantos sites de buscas para comparativos e tempo cada vez mais restrito, temos como desafio apresentar o produto da melhor forma possível de maneira completa e enxuta. Ao colocar em prática essa ação, despertamos rapidamente o desejo do cliente e conseguimos, com uma boa produção e diferentes ângulos, sanar possíveis dúvidas e diminuir até mesmo a logística reversa do seu e-commerce.

Dicas para uma boa foto do produto

Há muitos tipos de equipamentos profissionais no mercado, celulares com câmeras potentes e diversos cursos de fotografia. Cabe a você escolher entre investir um tempo em aprendizagem e fazer por conta própria ou contratar profissionais qualificados e montar uma boa infraestrutura, tendo como ponto positivo conseguir se concentrar em outros afazeres do empreendimento.

Para aqueles que escolherem em fazer as fotos por conta própria, compartilho algumas dicas para melhorar as imagens dos seus produtos no site.

Resolução

Quanto maior a foto, mais tempo ela levará para ser carregada, podendo ser um obstáculo para reter seu cliente. Então fica a dúvida sobre o que colocar na vitrine do site: uma foto com altíssima resolução tendo o risco de demorar para carregar e assim desinteressar o consumidor ou uma imagem pequena que carrega rapidamente, mas que compromete a visualização dos detalhes do produto? Bom, um formato muito utilizado está entre 1000 a 1500 pixels com um peso de arquivo entre 70 a 100kb. Essas opções são boas e ideais para não impactar no carregamento dessa imagem e conseguir demonstrar uma boa nitidez e qualidade.

Zoom

O zoom nas fotos dos produtos é muito importante e bastante utilizado pelas plataformas de venda. Somente assim possibilitamos que o usuário veja detalhes, como a textura do produto. Você pode instalar essa funcionalidade por meio de um plug-in.

Iluminação

Um dos segredos para tirar fotos de produtos com qualidade é a iluminação. Portanto, uma das primeiras coisas que você precisa fazer é se preocupar com as fontes de luz no ambiente na hora de fazer a captação. Podem ser utilizadas luz natural, mais acessível, ou o uso de flash, que é mais controlável. Mas atenção: não é apenas a quantidade de luz que importa e sim a distribuição exata. Uma vez posicionada corretamente, conseguimos também transmitir um volume ao produto, destacando-o ainda mais. O principal cuidado é usar luz neutra para não interferir nas cores reais.

Padronizando a foto do produto da vitrine

Criar padrões é uma forma de organizar e deixar a vitrine visualmente mais atrativa, além de criar uma identidade e agilizar o processo de produção das fotos. Coloque margens no seu template para um respiro e utilize fundo branco para dar mais destaque ao produto e não brigar com nenhum outro elemento. O mais importante é mostrar o profissionalismo e credibilidade aos clientes.

Ângulos

Imagens com vários ângulos vão permitir que o comprador tenha ainda mais detalhes e informação do produto. Mas lembre-se de não exagerar. 8 poses é uma média suficiente. Os ângulos também ajudam a entender o tamanho real do produto, ainda mais se utilizá-lo em uma foto ambientada, inserindo o produto no seu ambiente.

Tratamento de imagens

O tratamento de imagens deve ser levado em consideração para ações pontuais, como por exemplo remoção de sujeira, pequenos defeitos e correção de cores. No e-commerce, uma vez que levamos em conta a produtividade, o fotógrafo deverá sanar o máximo de obstáculos possível para não impactar na produção diária. Um erro muito comum é alteração drástica de uma cor, levando uma característica errônea sobre o produto ao cliente.

Podemos observar que as imagens no e-commerce não são apenas um detalhe para deixar seu site mais bonito e sim um fator determinante na venda, no conteúdo e na experiência de compra do cliente.

Gostou das dicas? Então clique no menu abaixo para ver outros conteúdos sobre tendências digitais. Curta o nosso Instagram para ficar por dentro das principais novidades no mundo do e-commerce!


Compartilhe!

Curtiu? Comenta aí!

Escreva aqui...