Audiovisual

Revolução na tela: a nova era da produção de vídeo

Compartilhe!

Ficar antenado às novas tendências da produção de vídeo é se preparar para o futuro e não ficar para trás. Novas tecnologias, novos formatos e animações cada vez mais futuristas: tudo vem mudando e evoluindo rapidamente. Para acompanhar esse avanço é necessário estudar constantemente.

Hoje em dia nos deparamos com uma gama enorme de vídeos publicados na internet direcionados para variados públicos e nas mais diversas plataformas. Podemos dizer que vivemos um período de revolução.

E nesse universo on-line, onde a maior parte do tráfego se dá por pessoas assistindo a vídeos, um projeto audiovisual precisa de muito mais do que uma boa produção para atingir os objetivos.

Por onde navegamos, nota-se que a quantidade de vídeos publicados e postados é cada vez maior. Esse “boom” tem se dado não somente em sites específicos de e-commerce ou de grandes marcas, mas também nas redes sociais, onde os influenciadores ganham cada vez mais relevância.

Veja também: Passo a passo para escrever um roteiro de vídeo para e-commerce

E o que isso quer dizer em uma produção de vídeo?

Os hábitos de compra dos consumidores mudaram consideravelmente. Antes de “fechar o negócio”, eles buscam cada vez mais informações sobre a marca dos produtos, o funcionamento dos mesmos, opiniões de outros consumidores e até mesmo “análises” feitas por esses influenciadores digitais.

Por essas e outras observa-se cada vez mais a importância do vídeo, pois por meio dele se permite uma amostragem funcional de todos os ângulos do produto, além de ilustrar a experiência e imersão do consumidor. Dessa forma, é mais fácil se destacar, atrair clientes e estimulá-los a concluir a compra.

Para ter sucesso é preciso ir além!

Em meio a esse contexto, onde a oferta de produtos é cada vez maior e os consumidores exigem mais qualidade e informações, a produção de vídeo funciona muito melhor paralelamente com outras ferramentas de conteúdo para conquistar o tão almejado “case de sucesso”.

Sendo elas:

Uma imagem (ainda) vale mais do que mil palavras?

A imagem por si só ainda tem força e apelo, porém esse famoso clichê fica um pouco ultrapassado, tendo em vista a complexidade dos novos perfis de compra e tudo que envolve o sucesso de uma campanha e a conversão em vendas.

Um vídeo produzido com qualidade 4K, animações, um roteiro envolvente e lindas composições claramente vai despertar o interesse do público. Entretanto se as ferramentas de apoio não forem trabalhadas em conjunto, essa “superprodução” poderá não atingir todo o potencial de engajamento e de finalização da compra tornando-se mais um vídeo na web.

Fica cada vez mais perceptível que nesse novo cenário as possibilidades são inúmeras e as exigências cada vez maiores. Um vídeo de produto tem grande relevância para o consumidor, mas ele também precisa ser trabalhado em outros aspectos que vão muito além do set de filmagem e da ilha de edição.

Gostou? Então clique no menu abaixo para ver outros materiais sobre tendências digitais. Aproveite também e curta o nosso Instagram para ficar por dentro das principais novidades no mundo do e-commerce!


Compartilhe!

Curtiu? Comenta aí!

Escreva aqui...